Nossos Projetos

comunidadeCompromissos do MSTL com a coletividade durante o período de obras dos Projetos Frei Tito e Nelson Mandela, na Rua Venceslau Pereira de Souza

Queridos vizinhos e vizinhas,

Nesta semana, iniciamos as obras de dois projetos sob responsabilidade de nossa entidade. Serão sete torres, com 800 apartamentos, na Rua Venceslau Pereira de Souza. A previsão de entrega é de 24 meses, porém, este início representa um momento peculiar, pois vários equipamentos e máquinas de grande porte precisam se deslocar pelo bairro.

Sabemos que isto causa alguns empecilhos, por isso, queremos nos desculpar e assumir o compromisso de estar sempre atentos, atuando preventivamente para evitar eventuais transtornos.

Já estabelecemos no contrato que toda a infraestrutura e manutenção das ruas será garantida pela Prefeitura de São Bernardo. Por sua vez, a Construtora P4 garante que “a obra será realizada respeitando todas as técnicas e boas práticas da construção civil, ocasionando o mínimo impacto possível na vizinhança”, e disponibiliza um canal para esclarecimento de dúvidas, através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Também já de nimos ações e propostas para depois das obras. Queremos estar totalmente integrados ao bairro e colocaremos alguns de nossos serviços, como padaria e lavanderia comunitárias, feira de produtos orgânicos, cursos profissionalizantes e outras atividades comunitárias à serviço da comunidade. Em breve, faremos uma apresentação dos projetos em um espaço público.

Cremos que nosso condomínio será capaz de valorizar o entorno e trará outras melhorias em termos de infraestrutura e serviços públicos para o bairro.

O MSTL é uma entidade de luta por moradia e organiza famílias que necessitam garantir seus direitos à casa própria. Temos responsabilidade social e agimos, sempre, a partir de princípios coletivos, construindo todas as ações em conjunto com os participantes dos projetos.

Nos organizamos a partir de grupos de base e estamos de portas abertas aos nossos novos vizinhos que queiram somar esforços conosco na luta por moradias dignas.

Agradecemos a compreensão e nos colocamos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

 

Um forte abraço do MSTL.

São Bernardo do Campo, 8 de outubro de 2017.

sem terrinha