Nossos Projetos

quem somosOs 800 apartamentos que serão construídos pelo MSTL no Bairro Cooperativa, em São Bernardo do Campo, terão como moradoras famílias de baixa renda, organizadas pelo MSTL e por entidades parceiras, através da Faixa 1 do Programa Minha Casa, Minha Vida – Entidades, do Governo Federal.

Na Faixa 1 do MCMV, participam famílias com renda mensal de até R$1.600,00, que não tenham sido contempladas em outros projetos habitacionais e que não possuam imóveis próprios.

A maioria das famílias é oriunda de São Bernardo do Campo, mas há outras de Diadema e São Paulo, quase todas há muitos anos na luta pelo direito à moradia.

Além do critério de renda, os Projetos também priorizam a mulher “chefe” de família e os deficientes, famílias que jamais teriam condições de conquista da casa própria no mercado imobiliário.

Outro critério para permanência e aprovação das famílias é a participação. Todas as decisões quanto às regras de funcionamento dos Projetos, contratação de prestadores de serviços, como a construtora, definição dos espaços coletivos e funcionamento dos futuros condomínios são tomadas através das Assembleias, que têm participação obrigatória. Como o princípio do MSTL é a luta pelo direito à moradia, as famílias são convocadas a participar de todo o processo de construção e de organização popular.

LEIA TAMBÉM: