Nossos Projetos

No dia 25 de outubro tivemos mais um domingo de atividade no nosso terreno. O II Encontro dos Sem Terrinha aconteceu em meio a muita alegria e agitação! A atividade foi organizada pelo Coletivo de Educação Popular do MSTL e, em seu encerramento foi feita uma reflexão junto às crianças sobre a importância da preservação do meio ambiente e de sua sustentabilidade e também de propostas infantis para a organização do nosso condomínio. Concluindo este momento, foi feita a leitura da “Carta dos Sem Terrinha”, que reproduzimos aqui:

Nós, crianças do MSTL, reunidas no II Encontro dos Sem Terrinha, com o tema: Sustentabilidade e Meio Ambiente, queremos dizer que temos direito a uma moradia digna, e que, como determinado no Estatuto da Criança e do Adolescente, exigimos que ele seja respeitado. Na prática, somos excluídos em vários destes direitos, e exigimos, também, que nos sejam garantidas as condições de crescer e aprender em um ambiente saudável, onde possamos brincar e interagir com todos e todas.


Queremos denunciar a iniciativa do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, de fechar escolas e construir presídios para os nossos jovens, inclusive incentivando a redução da idade penal. Nós, crianças, queremos mais escolas e oportunidades, não merecemos exclusão e mais cadeias!


“O Planeta Terra é a Nossa Casa”, portanto temos que cuidar dele com carinho e cuidado, não poluindo os rios e garantindo que o lixo seja separado, reciclado e reutilizado.
Queremos que o nosso condomínio seja florido, sempre limpo e bem cuidado, que tenha alternativas de brincadeiras e de atividades onde as crianças possam se desenvolver e aprender sobre a vida coletiva em condomínio.


Que as crianças sejam consideradas como protagonistas desta construção coletiva, por isso, exigimos o seguinte:
• Queremos ser ouvidas, compreendidas e envolvidas na organização do condomínio;
• Queremos locais para brincar e organização de atividades lúdicas para aprendermos brincando;
• Queremos que sejam criadas maneiras sustentáveis de uso da água e da energia, e que o “lixo” seja separado, reciclado, reutilizado;
• Queremos carinho, atenção, e cuidado de todos e todas, principalmente de nossas famílias.